• Heloísa Mendes de Siqueira

Todas as potencialidades que se é capaz de viver.

"No momento em que realmente nos decidimos, então o universo começa a agir também. Todo tipo de coisa começa a ocorrer, coisas que não ocorreriam normalmente, mas que acontecem porque você tomou a decisão.

Isto não é uma fórmula mágica, ou uma motivação, é apenas uma constatação do que a ciência e a Psicologia vem provando,
Fonte da Imagem: Louise Hay_ Filosofia e Método [grupo Facebook]

Uma série de eventos flui dessa decisão, levantando a nosso favor todo tipo de imprevistos, encontros e assistência material que nenhuma pessoa no mundo poderia planejar que ocorresse na sua vida.

Seja lá o que você possa fazer, ou tenha o sonho de fazer: comece.

O arrojo tem dentro de si inteligência, poder e mágica. Então comece."


Johann Goethe


Tenha paciência e leia um pouco sobre ele:


Johann Wolfgang von Goethe.

Herdou do seu pai o gosto pelas pesquisas e pelas coleções. Aos 16 anos inicia seus estudos em Belas Artes, Latim, Grego, Francês, Italiano; além destes fez outros cursos, nomeadamente, medicina, botânica e geologia.

Quando completou 19 anos, regressou à Frankfurt, esgotado pela vida agitada que levava. Aproveitou o descanso obrigatório para ler Shakespeare, estudar alquimia, cabala e as obras de Paracelso. Não foi necessário muito tempo para a sua recuperação. Viajou para Estrasburgo para aí formar-se em advocacia.

Em 1775, o Príncipe Carlos Augusté chama-o a Weimar para este ocupar altos cargos públicos, onde ficou até 1783 e depois regressa a Frankfurt. Aí, escreve um romance, publica um drama, faz grande sucesso, tornando-se um dos percursores do romantismo nascente.

Em Setembro de 1786 vai para a Itália ficando lá até 1788, onde resolveu abandonar as artes plásticas para dedicar parte substancial do seu tempo à poesia. Na Itália teve a revelação do mundo clássico, cultivando as ciências físicas e naturais.

Ao regressar a sua terra natal, abandonou os cargos oficiais, conhece a sua amante Cristiane Vulpius, uma jovem de 23 anos, que em 1789 lhe dá o único filho: Augusto. O casamento de ambos só acontece em 19 de Outubro de 1806.

No 1808, dedica-se ao estudo das cores, da morfologia das plantas, da mineralogia. Novas notícias acerca dele só em 1816, quando ficou viúvo. O filho falece em Outubro de 1830, com cerca de 41 anos de idade.

Algumas das suas obras declaravam a sua fé na astrologia e vemos várias dúvidas filosóficas da época. Deu início a um novo método de aproximar o homem com a natureza, numa concepção do mundo expressa na fusão da intuição com o pensamento. Toda a sua obra evidencia uma busca incessante da sabedoria, em busca do conhecimento da suprema verdade. Seus trabalhos sobre Física, Biologia e Fisiologia possuem grande importância científica. Fonte biográfica: O Pensador


Não se prenda muito ao quanto conseguiu assimilar de toda a biografia, mas em 82 anos de vida, observe tudo o que ele fez.

Talvez não seja do seu interesse fazer tantas coisas, mas acho importante observar a mensagem: "O homem é capaz de tudo para construir caminhos que o levem ao melhor dele mesmo. O importante é estar conectado a sua fonte interior, só ela é capaz de dar as respostas que você vem procurando."


Acho que este é o recado que ele quis dar no texto, que acredito ser o mais famoso dele.



Helô Siqueira

Apaixonada por Inspirar o Outro

"Acredito fortemente que a Vida é um laboratório da Alma e quanto mais estudo, mais tenho certeza disto."

O Coaching foi um caminho para aplicar de forma consistente e eficaz o conhecimento que venho arquivando há alguns anos, que aplico diariamente em minha vida e para ajudar que outras pessoas pudessem olhar sua Vida com plenitude, independência e confiança.

Executive Coach e Life Coach

coaching@iphormee.com

Recent Posts

See All