top of page
  • Writer's pictureHeloísa Mendes de Siqueira

Conhecendo outras camadas de si mesmo.

“A cada momento ocorrem no nosso corpo movimentos espirituais. Quantos movimentos ocorrem conjuntamente em nós para que no corpo permaneça Vivo!"

Do livro A CURA – Bert Hellinger, algumas das explicações que me dou sobre a força do AMOR, costurando a 5 Essência [Albert Einsten]

A cada momento são movimentos novos, movimentos criativos!”

Por traz dos movimentos respondemos instintivamente as Ordens do Amor: 1. Pertencimento; 2. Hierarquia; 3. Equilíbrio de Troca.

Por traz destes movimentos há uma Consciência, uma Consciência Espiritual a que serve:

1. AMOR – o amor do Espírito é uma postura

2. PAZ – lugar onde tudo cabe

3. CRESCIMENTO – tudo tem seu tempo certo, a seu tempo até que chegue ao fim e se conclua, sem arrogância. (E o que buscamos mais além disso? Felicidade, que entendo é este misto com satisfação.)

Por traz dos movimentos há:

A. Abundância: movimentos que buscamos mais (+), mais Vida, mais Amor, mais Sucesso, mais Alegria, mais Felicidades, em busca de + aquilo que seria ir Junto com o movimento do Espírito, ir com o movimento criativo do Espírito?

B. Desligamento: será que parei na busca do que quero (+) e comecei a me mover em busca do que quero (-) Menos? Menos Vida? Menos Amor ? Menos Saúde? Menos Sucesso? Menos Alegria? Menos Força?”


No meu entendimento as Emoções impactam quando no movimento do Espírito abrimos mãos das Virtudes de Amar +, estimular + Abundância, buscar + Verdades interiores, + Bondade, + Beleza, + Justiça, + Plenitude, + Presentes a nossa própria Vida, buscar estar + Inteiro no que viemos buscar e nos distraímos com os Vícios de Projetar no outro o que não queremos melhorar em NÓS.

Usando a CULPA e a DESCULPA para viver o “Desligamento”, ao invés do positivo da “Abundância”, pense nisto, pois muitas vezes fazemos movimentos inconscientes sem perceber e quando vemos simplesmente o tempo passou.


Boa parte deste olhar depende de o quanto você é observador da própria vida e da própria essência (De quando em quando). Quanto se conhece, e quanto mais honesto for de si mesmo, ou com um olhar claro dos caminhos a seguir, mas fácil tomar partido destas decisões. ( Gosto do vídeo: Sentido da Vida: Uma jornada de Trevas e Luz | Marcelo Gleiser)

Me parece que isto tudo é complexo demais. Mas às vezes só precisa ser refletido e vivido. Se observar é evoluir, fazer escolhas é ir aos poucos definindo os caminhos desta sua existência.

A repetição da frase: “Não existe certo ou errado” é uma realidade quando se está partindo para a experiência de Vida do seu próprio laboratório da existência.


Fontes de reflexão:

A CURA – Bert Hellinger

5 Essência - Albert Einsten

Vigiai e Orai – Carlos A. Baccelli – Texto De quando em Quando

Vídeo: Sentido da Vida: Uma jornada de Trevas e Luz | Marcelo Gleiser

Colocação sobre CULPA e a DESCULPA – aprendizado persistente dentro dos estudos de desenvolvimento da escola Espírita. Um entendimento definitivo para meu nível de consciência tive especificamente se encontra no livro Mediunidade e Obsessão – Alírio Cerqueira Filho, capítulo Mediunidade e Espírito de Serviço página 43 que copio abaixo.


“Culpismo e desculpismo”

Um dos graves problemas da humanidade até hoje é o culpismo, que significa, literalmente, culto à culpa. A culpa é um processo que envolve autojulgamento, autocondenação e autopunição pelos erros do passado. Isso não nos auxilia em nada, apenas nos deixa estagnados num processo de lamentação que não traz o passado de volta e nubla as nossas ações presentes, gerando um futuro ruim. Por isso, o Mentor Telésforo solicita que se olvidem os erros do passado para se buscar o que é fundamental, o cultivo da ação responsável. Assim, a pessoa que fracassou assume a responsabilidade por aprender com o seu erro para poder repará-lo no futuro. Agindo desta maneira, os erros tornam-se instrumentos de aprendizado e crescimento interior, e não há estagnação. No desculpismo, que é o culto da desculpa, acontece um processo inverso: o ser não assume a responsabilidade pelos erros e normalmente os projeta nos outros...”, acredito eu, inconscientemente para evitar o confronto consigo mesmo, mas autoconhecimento é uma viagem tão sensacional que é uma pena se demorar mais... até porque não é necessário grandes movimentos, pois pequenas casas ou grandes santuários são construídos da mesma forma, tijolo a tijolo.




Helô Siqueira

Apaixonada por Inspirar o Outro

"Acredito fortemente que a Vida é um laboratório da Alma e quanto mais consciente de suas capacidades, mais direcionadas e administradas elas estão, mais fácil se tornam os processos e o fluxo de desempenho e felicidade."


Meu nome é Heloísa e utilizo a ferramenta do Coaching para lhe apoiar na jornada de seu autoconhecimento.

Você encontrará em mim uma conversa franca, mas sensível aos seus pontos e que só tem um objetivo: lhe ajudar a olhar sua Vida com plenitude, independência e confiança.

Executive Coach e Life Coach

Recent Posts

See All

Comments


bottom of page